domingo, 26 de setembro de 2010

BENEFÍCIOS DE UMA DIETA MEDITERRÂNEA


Frutas e Hortaliças
Oferecidas no café da manhã nos sucos nas colações e lanches possuem grande quantidade de fibras e antioxidantes (como beta-caroteno, licopeno, vitaminas E e C) previnem o câncer e auxiliam na redução do colesterol.
Cereais (Arroz, Pães e Massas)
Sempre em pequenas quantidades fornecem energia para o organismo; e se forem integrais, possuem fibras, vitaminas do Complexo B, vitamina E e selênio.




Leguminosas (Lentilha, Feijão e Grão de bico)
São fonte de proteínas vegetais e fibras. As fibras regulam o funcionamento intestinal, evitam o câncer do cólon e reto (regiões do intestino grosso) e diminuem o nível do colesterol "ruim" (LDL) prevenindo o aparecimento das doenças coronárias.


Frutas Oleaginosas (nozes, amêndoas, castanhas)
Por possuírem ácidos graxos poli e monoinsaturados, as oleaginosas contribuem para evitar a alta concentração de colesterol (LDL) no sangue. Possuem antioxidantes, que combatem o envelhecimento celular, e também auxiliam na prevenção de alguns tipos de câncer.Porém não devem ser consumidas em excesso, já que apesar das inúmeras vantagens, elas são muito calóricas.



Peixes
São ricos em ácidos graxos ômega – 3, que atuam contra o aparecimento de diversas doenças como: hipertensão, doenças do coração, aterosclerose e câncer.







Azeite de Oliva
É rico em substâncias antioxidantes e em ácidos graxos monoinsaturados que aumentam a taxa do colesterol "bom" (HDL), favorecendo nosso coração.É permitido 01 colher de sobremesa de azeite na forma crua, para finalização de pratos e como temperos de saladas. O consumo não deve ser exagerado, já que o azeite é um tipo de gordura e tem alto valor calórico. Caso deseje substituir todas as gorduras da alimentação por azeite de oliva extra virgem, poderá ingerir 2 colheres de sopa no almoço e 2 colheres de sopa no jantar ou fracionar no decorrer do dia.


Iogurte Desnatado
Além de serem fonte de cálcio, contém lactobacilos vivos. O cálcio contribui para a prevenção da osteoporose e os lactobacilos beneficiam a flora intestinal, combatendo os microorganismos patogênicos que possam estar presentes no nosso intestino.






Vinho Tinto
Por possuir uma alta quantidade de flavonóides (antioxidantes), o vinho tinto evita a formação de placas de gorduras na parte interna dos vasos sanguíneos, diminuindo assim, o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. A recomendação para o uso como alimento funcional é de no máximo 240ml por dia, sempre acompanhado de uma refeição.Cuidado com os excessos!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL = MELHOR DESEMPENHO SEXUAL

Dicas que vocês dois precisavam...

Café da manhã: inclua cereais no seu cardápio matinal. Eles contêm altos níveis de vitamina B e flavonóides, fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso - o que significa mais prazer sexual. Já os carboidratos dão energia para seu corpo.


Almoço: apostar em carboidrato (arroz/macarrão) é uma boa pedida, já que o carboidrato presente neles aumenta os níveis de histamina. Acrescentar peixes, como salmão e sardinha, no cardápio aumentam os níveis de ômega-3 no corpo. É que essa substância aumenta a circulação sanguínea nas partes íntimas, deixando o local mais sensível.


Sobremesa: não deixe de comer chocolate amargo. O doce contém nutrientes que deixam o corpo mais sensível ao contato sexual, como as metilxantinas. Há ainda a presença de magnésio, que aumenta a oxigenação do cérebro, deixando o ato sexual ainda mais prazeroso.
Malhação: de acordo com pesquisas, os hormônios sexuais atingem níveis máximos com 30 minutos diários de exercícios. E não se engane, não é nem preciso que você se "mate" na academia. ! Está conseguindo conversar com a pessoa ao lado? Então mantenha o ritmo, ele é o mais indicado para o treino em questão. Faça dança, otima oportunidade de passar bons momentos ao lado da pessoa querida!


Lanche da tarde: as castanhas e nozes são fontes ricas de vitamina E, e peça-chave na produção de hormônios sexuais e na circulação sanguínea.

Jantar: Não abra mão da carne, já que ela contém substâncias que aumentam níveis de dopamina e norepinefrina, responsáveis por aumentar a sensibilidade do corpo durante o sexo.


Assistindo TV, em casa: enquanto se diverte com seu programa predileto, faça uma série simples de exercício. Deite de costas, dobre as pernas em um ângulo de 90º com os pés e mãos no chão. Em seguida, levante o bumbum do chão até seu corpo formar uma linha reta entre tronco e joelhos. Segure por 10 segundo e desça devagar. Repita 12 vezes


E para aumentar seu prazer e o do parceiro, aposte no sexo pela manhã.
De acordo com pesquisadores da Universidade de Rutger, nos EUA, é às 7h da manhã que as preliminares tendem a ser mais prazerosas, já que seu corpo ainda está "se aquecendo.


ALIMENTAÇÃO ESCOLAR EM NOVAS MÃOS

Tia, o que tem de merenda hoje?” A pergunta se repete todos os dias nas escolas e creches da rede municipal de Alta Floresta – MT.
Para muitas crianças alta-florestences, a alimentação escolar é a primeira alimentação do dia. Para tantas outras, a única alimentação completa. As crianças estão indo mais cedo para a escola e passam cada vez mais tempo sob os cuidados escolares.
Com isso muitas estratégias e programas governamentais estão e serão inseridos nas nossas escolas e creches buscando a segurança alimentar e a qualidade de vida.


Confiram o restante da Matéria no Site!

sábado, 18 de setembro de 2010

NA ADOLESCÊNCIA COM OBESIDADE

A obesidade que se inicia na adolescência aparece quando os adolescentes são incapazes de dominar as tarefas normais de desenvolvimento de sua idade; e quando se chocam com o bloqueio de sua maturação, muitas vezes regridem para o mecanismo de autodefesas, alimentando-se em excesso para compensar. O preço é "terrível", contudo, pois sua obesidade está alí para ser vista por todos, e constitui um novo impedimento à obtenção do que ele realmente deseja e precisa da vida. A cura tornou-se pior que a doença.
O aspecto amorfo que acompanha a obesidade (parecer um bebê grandão) serve a muitos propósitos para o adolescente. O mais importante destes é aliviar as pressões da biologia interna do adolescente e aquelas do mundo exterior, as quais exigem adaptação, de crescimento e desenvolvimento. Embora os adolescentes que se sentem infelizes possam racionalizar, pensando que comem para se tornarem grandes, não percebem que acabaram escolhendo uma solução regressiva para lidar com os impulsos sexuais e agressivos.

Eles se surpreenderiam se alguém lhes dissesse que sua atração física reduzida colabora para isolá-los. Sua pouca atração sexual paralisa o desenvolvimento sexual, e os aproxima cada vez mais intimamente com a mãe, que propicia o alimento. Nestes termos, isto acaba levando a uma dependência constante do alimento como um dos meios de gratificação.

Como os adolescentes comem em casa, o processo natural de separação e de individualização é prejudicado; como os adolescentes obesos tendem a afastar-se dos seus amigos, isto fortalece ainda mais suas ligações com o núcleo familiar.

A situação se torna crítica!

Embora a gênese deste problema possa ser puramente metabólica, a maior parte das vezes existe um padrão delicadamente entrelaçado de fatores psicológicos, fisiológicos, endócrinos, de aprendizagem condicionada e interpessoais que provocou a obesidade.

O adulto que deseja perder peso deverá lidar com uma reemergência de todos os sentimentos tumultuados do período de adolescência que ele sepultou no tecido adiposo e no corpo. Daí a atitude: "Enquanto eu me mantiver gordo, não terei que mexer com o material emocional reprimido na adolescência. Sobre quem iria jogar meus problemas se eu não fosse gordo?"

Vemos que a obsessão com a obesidade e a circularidade que existe no modo como muitas pessoas lidam com o problema tem muito êxito em afastar o mecanismo percentual do paciente do trato com os problemas "reais". "Primeiro eu preciso emagrecer, depois ..."

Vejo com minha experiência clínica atendendo adolescentes / adultos obesos, que o tratamento de escolha é a terapia a longo prazo, acompanhamento endócrino e estimular alguma atividade física que mais o agrade.

Este diagrama (é cíclico) demonstra o fenômeno: a criança se sente culpada e envergonhada, retrai-se, come mais, torna-se mais polarizada, come mais, sente mais culpa, retrai-se mais, ...

Embora o mecanismo da adaptação de "encher" propicie alívio, o faz a um preço formidável para os adolescentes que estão enfrentando problemas de maturação.

Esta defesa continua a ser utilizada, mesmo quando os problemas maturacionais foram tratados de maneira feliz ou infeliz.

No início, a gratificação oral apropriada pelo excesso de alimento constituía uma defesa agradável contra os sentimentos de desespero, solidão, culpa e inadequação, etc. Com a sequência do crescimento, "encher-se" se torna cada vez mais um risco do ponto de vista da saúde física e do crescimento social.

A boa relação com o terapeuta e o médico que o acompanha, é fundamental para obter-se bons resultados. "Estes são seus aliados" - e neles fica depositada todas as esperanças / sonhos e a possibilidade de ser um adulto mais feliz, integrado socialmente e principalmente - consigo mesmo; podendo vir a viver relacionamentos sociais sadios, reforçando sua identidade sexual, lidar com menos conflitos no processo de separação / individualização da família - mantendo lealdade a um grupo e modelos alternativos.

Tenho observado que hoje, a realidade dos pais de adolescentes obesos está se modificando; eles movidos ou não por sentimentos de culpa, vem "reparar" alguma coisa deixada lá traz que "passou desapercebida" , quando este filho ainda era bebê, e permitem a interdição terapêutica e contribuem muitas vezes para o êxito do tratamento.


Neusa Ferrari Sáfadi é psicóloga e desenvolve trabalhos com pacientes obesos.

sábado, 11 de setembro de 2010

DICAS NUTRICIONAIS DESPOSTISTA

DIFERENÇAS

Atividade física
É qualquer movimento corporal realizado ao longo do dia, que resulte em um determinado gasto de energia. Exemplo: subir um lance de escadas.

Exercício físico
É uma atividade física que envolve a realização de movimentos repetitivos e intencionais, de determinados grupos musculares. Exemplo: caminhar em uma esteira ergométrica por 30 minutos. Os exercícios físicos podem ser aeróbicos e anaeróbicos.

Exercícios físicos aeróbicos

São movimentos repetitivos, que utilizam os grandes grupos musculares. Este tipo de exercício gera um estresse aos sistemas cardiovascular e respiratório. Tal fato acarreta o aparecimento de respostas adaptativas positivas do corpo, ao longo de várias semanas. Exemplos: caminhar, correr, dançar, nadar, pedalar ou praticar artes marciais, como o boxe ou o judô.

Exercícios físicos anaeróbicos

São também chamados de exercícios resistidos ou de musculação. Em contraste com os exercícios aeróbicos, os exercícios anaeróbicos envolvem curtos impulsos de esforço, seguidos por períodos de descanso, resultando no desenvolvimento de força e hipertrofia muscular (aumento da massa dos músculos). Exemplos: musculação (levantamento de pesos), flexões, abdominais e agachamentos.

Atividade esportiva ou competitiva

É aquela atividade física que visa superar limites pessoais. ou vencer adversários. Exemplo: competir em uma prova de corrida de 100 metros rasos. Refere-se à prática de esportes em geral.

Esportes radicais

Esportes radicais, esportes de ação ou de aventura podem ser considerados como aqueles que oferecem mais riscos do que os esportes em geral, tornando-os, assim, mais emocionantes aos praticantes. É característica desses esportes exigirem maior esforço físico ou maior controle emocional. Os seus participantes envolvem-se em situações extremas de limite físico ou psicológico. Exemplos de esportes radicais: escalada, rafting, paraquedismo, snow board, vôo livre, bungee jump, entre outros.


 
DURANTE O DIA
LÍQUIDOS: 8 A 12 copos (2 A 3 L)/dia; pelo menos 5 copos (1L) devem ser de água.
DESJEJUM: Esta refeição nunca deve ser pulada. Ela melhora o desempenho físico e mental e ajuda a regular o peso.
REFEIÇÕES: Devem ser pequenas, freqüentes, com proteínas, carboidratos e lanches a cada 2 a 3 horas.

ANTES DO EXERCÍCIO
LÍQUIDOS: Pelo menos cerca de 240ml antes do exercício
REFEIÇÃO PRÉ EXERCÍCIO: Pelo menos 4 h antes do exercício, para que o organismo possa assimilar bem os carboidratos para a atividade muscular.
LANCHE PRÉ EXERCICIO 30 a 90 min. Antes do exercício. O lanche deve consistir de 200 a 400cal compreendendo carboidratos, proteínas e gorduras boas (azeite de oliva). Pode ser um alimento ou suplemento substituto de refeição. Este lanche fornecera energia extra para a atividade intensa prolongada e evitará o esgotamento da proteína muscular provocada pelo exercicio.


DURANTE O EXERCÍCIO
LÍQUIDOS: Entre 207 e 296 ml a cada 10 a 20 min.
BEBIDAS ESPORTIVAS DE GLICOSE E ELETROLITOS: Demonstrou-se que se tomadas em pequenos goles durante o exercício prolongam a resistência. Devem ser consumidas quando se quer aumentar a massa muscular, mas não quando se quer perder gordura.





DEPOIS DO EXERCÍCIO
LÍQUIDOS: Repor cada 0,5 kg de liquido perdido com 473 a 708 ml de água ou bebida esportiva
CARBOIDRATOS Consumir 0,5 a 1g/kg de peso, dependendo da fase em que se encontra.
PROTEÍNA: Consumir 0,5g/kg de peso de proteína com carboidrato para estimular o desenvolvimento muscular. Lanches pós exercício podem consistir em bebidas substitutas de refeição, com 0,5 a 1g/kg de peso de carboidrato de alto índice e carga glicêmica e 0,5g de proteína. Ate 2 horas após o exercício, realizar uma refeição rica em carboidratos e fontes protéicas de alta qualidade ( p. ex peixe, carne magra, laticínios desnatados e ovos)

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Você já ouviu falar da Crise de comer tudo o que vê pela frente?

Transtorno de Compulsão Alimentar Periódica

Esta crise trata-se do Transtorno de Compulsão Alimentar Periódica caracterizado pela ocorrência de episódios de comer grandes quantidades de comida em intervalos curtos de tempo, sensação de perda de controle sobre o ato de comer e, em seguida, arrependimento de ter comido. Esses episódios de hiperfagia (alimentação em excesso) são referidos na literatura internacional com o nome de Binge Eating.

Não se conclui ainda se esta é uma nova doença alimentar emocional ou apenas um sintoma que pode estar associado a algum outro transtorno alimentar ou a outras patologias emocionais, como depressão atípica, ansiedade, transtorno do controle dos impulsos ou algum dos transtornos impulsivo-compulsivo.

De qualquer forma o fenômeno merece toda consideração médica, já que aparece em aproximadamente 2% da população geral e, particularmente, em cerca de 30% dos obesos que procuram tratamento médico.

O psiquiatra Ballone (2006) diz que o transtorno de compulsão alimentar periódica pode não se tratar de uma doença própria, um novo transtorno mas sim, um sintoma novo (e melhor observado) de algum outro estado ansioso-afetivo alterado.

A compulsão alimentar foi descrita por Stunkard (1) em 1959 estudando pessoas obesas. O quadro é, em parte, muito semelhante à Bulimia. A diferença é que na Compulsão Alimentar Periódica não há a necessidade de expelir os alimentos depois de comer bastante, como acontece na Bulimia, onde também existem esses episódios de comer exageradamente.

Aproveitando a descrição no DSM.IV, a Bulimia se caracteriza por:

A.Episódios recorrentes de compulsão periódica. Um episódio de compulsão periódica é caracterizado por ambos os seguintes aspectos:

(1) ingestão, em um período limitado de tempo (por ex., dentro de um período de 2 horas) de uma quantidade de alimentos definitivamente maior do que a maioria das pessoas consumiria durante um período similar e sob circunstâncias similares.

(2) um sentimento de falta de controle sobre o comportamento alimentar durante o episódio (por ex., um sentimento de incapacidade de parar de comer ou de controlar o que ou quanto está comendo).

Como se vê, são poucos os limites entre os sintomas da Compulsão Alimentar Periódica e da Bulimia Nervosa. Mas há fortes argumentos contra tomar-se a Compulsão Alimentar Periódica como um diagnóstico independente. Ele seria, antes, um sintoma de um Transtorno Alimentar ou um sintoma de uma Depressão Atípica.

Constata-se também, em termos psicológicos, que os pacientes com Compulsão Alimentar Periódica possuem auto-estima mais baixa e se preocupam mais com o peso e com a forma física do corpo do que pessoas que também sejam obesas sem a Compulsão Alimentar Periódica (Zwaan, 1996).

O tratamento para a Compulsão Alimentar Periódica é múltiplo, devendo envolver o uso de medicamentos, intervenções psicológicas e nutricionais.

\Fonte: Texto baseado no artigo de : Ballone GJ - Transtorno Compulsão Alimentar Periódica - in. PsiqWeb, Internet, disponível em www.psiqweb.med.br.

domingo, 5 de setembro de 2010

VINAGRE DE MAÇA = SAÚDE

O vinagre de maçã é um produto natural preparado sem aditivos químicos, obtido a partir da fermentação do açúcar do sumo da maçã que se converte em álcool, originando a bebida.

Possui em sua composição vários minerais (potássio, cálcio, magnésio, fósforo,
sódio), vitaminas (B, A, E e C), enzimas, betacaroteno, ácido málico e principalmente pectina (fibra solúvel que além de facilitar a digestão de gorduras e proteínas, ajuda a regular a absorção de açúcares, diminui a sensação de fome e o armazenamento de gordura). O betacaroteno ajuda no bom funcionamento da visão, crescimento, reparação tecidual e formação óssea.

É usado para digerir as gorduras e as proteínas fazendo uma “pré-digestão” de vários
alimentos como carne, promovendo a digestão, o metabolismo e a desintoxicação do
organismo. Possui atividade antibacteriana e fungicida que desempenha importante papel na regulação da flora intestinal, auxilia no controle de artrite, equilíbrio de pressão arterial, desinfeta áreas contaminadas por germes e bactérias, auxilia em gripes e resfriados, alivia o mal estar da garganta e laringe, reduz o colesterol, e ajuda a  diminuir os piolhos.

Precauções:
Em excesso prejudica o fígado, produz acidez na boca e gástrica no estômago.

Recomendações: 2 colheres de sopa, diariamente.
Dica de Preparação

Vinagre de Maça Funcional:
Ingredientes:
  • 2 maçãs vermelhas picadas com as cascas
  • 1 ramo de alecrim
  • 1 ramo de manjericão
  • 2 dentes de alho
  • 1 pimenta vermelha
  • 2 cravos da índia
  • 1 garrafa de vinagre branco
Modo de Preparo:
  1. Lave com agua corrente e deixe de molho por 15min em solução clorada (1 litro de agua para 1 colher de sopa de agua sanitária ou 2 gostas de hipoclorito) as maçãs, temperos verdes, pimenta.
  2. Escorrer, cortar em cubinhos a maça, mantendo a casca
  3. Escorrer os temperos verdes, retirar a casca do alho mantendo os dentes inteiros
  4. Escorrer a pimenta e a mantenha inteira sem retirar as sementes
  5. Retirar com cuidado a tampa do frasco de vinagre, reservar meio copo do conteúdo
  6. Colocar todos os ingredientes e completar o frasco com o vinagre reservado, tornar a fechar bem com a tampa retirada
  7. Guardar em local escuro por cinco dias
  8. Use em saladas e ao temperar carnes.

Referência Bibliográfica:
O livro do vinagre, Dr. Neuci da Cunha Gonçalves, Editora Particular, 15ºedição, 1998, S.P.
Agarre a saúde e não largue mais, Dr. D. C. Jarvis, 1ºedição traduzida no Brasil, ed.
Bestsellers, 1961, SP.
Vinagre de Maçã – uma receita de vida. Ed. Claridade. Terapeuta holístico G. P. Boutard.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

CHOCOLATE = SAUDÁVEL E TRAZ FELICIDADE

Antigamente o chocolate era conhecido como vilão das dietas devido aos malefícios à saúde como a acne e outros. Hoje em dia se sabe que muita coisa mudou, os recentes estudos confirmam seus benefícios ao consumo moderado e mostram que pode-se, sim,  utiliza-lo em uma dieta saudável e equilibrada.

Para falar de chocolate, como nutricionista tenho que citar, brevemente a história do cacau, este produzido a partir de uma fruta muito antiga e conhecida por todos os brasileiros.
Quando os primeiros colonizadores espanhóis chegaram à América, o cacau já era cultivado pelos índios, principalmente os Astecas, no México, e os Maias, na América Central. De acordo com os historiadores, o cacaueiro, chamado cacahualt, era considerado sagrado.

Os índios consideravam as sementes de cacau tão valiosas que as usavam como moeda.

O fruto que origina o chocolate também produz um suco bastante energético e que ajuda nos problemas ósseos. A polpa de cacau é fortificante, estimulante, revitalizante e energética. Contém cálcio, fósforo, potássio carboidratos e vitaminas A, B e C.

O chocolate branco normalmente é feito com a gordura da fruta e o chocolate preto da massa do cacau.

Um pedaço de chocolate tem proteínas, vitaminas A, B, C, D e E e sais minerais fundamentais para a nossa saúde, como o ferro e o fósforo. É um alimento rico em flavonóides, uma substância que é antioxidante. Isso quer dizer que ela combate a oxidação das células e seu envelhecimento. Quanto mais amargo o chocolate, mais flavonóide e menos adição de acúcar ele possue.

Conheça alguns benefícios do chocolate no seu organismo.

– O chocolate é rico em flavonóides especiais, que combatem o envelhecimento das células. Com isso, pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer e fortalecer o sistema imunológico, que é o nosso sistema de defesa.
– Uma substância estimulante chamada teobromina, presente no chocolate, ajuda no funcionamento do coração. Os pesquisadores dizem que a teobromina é a responsável também pelo vício em chocolate.
– Os flavonóides do chocolate ajudam a diminuir a pressão sanguínea. Isso acontece porque eles agem diretamente nas artérias, ajudando a dilatação.
– Dois componentes presentes no chocolate estimulam os neurônios, deixando você mais alerta. Além disso, o chocolate ajuda o nosso cérebro a produzir a serotonina, uma molécula que é responsável pela sensação de bem-estar e felicidade.

Em outras palavras,chocolate faz a gente feliz!


Mas NÃO se esqueça, Consuma com Moderação!!

Fonte: Revista Saúde.